Sociologia de Durkheim e Weber

Concepção de Durkheim

Durkheim era burguês e atendia a burguesia que chegava ao poder e sua concepção era manter a burguesia no poder e manter a sociedade sem conflitos.

O homem precisava de leis para viver em sociedade, com regras e coerção, pois se não tivesse as leis a sociedade estaria doente.

FATO SOCIAL:

Grande dilema da sociologia era se o homem é produto do meio ou se o meio é produto do homem. Segundo Durkheim, o homem é produto do meio, ele cumpre à risca as regras impostas pela sociedade. O homem é mais influenciado pelo meio do que o meio pelo homem.

CARACTERÍSTICAS DO FATO SOCIAL:

Coerção social – é o remédio da sociedade, é a força que os fatos exercem sobre os indivíduos, levando-os a se conformarem com as regras da sociedade. O grau de coerção se torna evidente com a sanção, que é dividida entre sanções legais, que são as prescritas pela sociedade sob forma de leis. E as sanções espontâneas, que seriam as que surgiriam como forma de uma decorrência de conduta não adaptada pela sociedade (costumes).

Exterioridade – os fatos sociais existem e atuam sobre as pessoas independentemente de suas vontades. As regras já existiam antes do nascimento das pessoas, não é vontade interior da pessoa e sim externa, imposta pela sociedade.

Generalidade – é social todo fato que é geral, que se repete em todos os indivíduos e acontece em todas as sociedades. Ex. crime, forma de morar, etc, tem em todas sociedades.

OBJETIVIDADE DO FATO SOCIAL

Durkheim dizia que o sociólogo deveria deixar de lado suas prenoções, ou seja, seus sentimentos pessoais em relação ao acontecimento a ser estudado. Encarar os fatos sociais como coisas, não se envolvendo sentimentalmente com eles, deveriam ser medidos imparcialmente.

CONSCIÊNCIA COLETIVA

É o conjunto de pensamentos comuns aos membros da sociedade de forma geral. Todos pensam a mesma coisa na sociedade. Ex coca-cola.

ORGANISMO EM ADAPTAÇÃO

A sociedade apresenta estados normais e patológicos.

Normais podem ser encontrados em qualquer sociedade, em qualquer época, como também por representar a importância dos valores que repudiam condutas ilegais.

Patológicas são as que se encontram fora dos limites permitidos pela ordem social, estados doentios, considerados transitórios.

MAX WEBER

CONTRIBUIÇÕES PARA O DIREITO

Os desiguais deverão ser tratados desigualmente. As sociedades têm que ser tratadas de formas diferentes. O homem tem reações imprevisíveis, nem tudo é possível ser controlado pelas leis e regras, alguma coisa escapa do controle, devido à realidade da sociedade.

CONTRIBUIÇÕES PARA AS CIÊNCIAS HUMANAS

Cada sociedade evolui de forma diferente, nem todas merecem ser desenvolvidas, depende do contexto histórico. Os fenômenos têm que ser compreendidos dentro da realidade. O homem é o ator do fato social.

FATO SOCIAL PARA WEBER

O homem dá sentido à ação do fato social. É a conexão entre o motivo e a ação propriamente dita. O homem não cumpre as regras impostas, ele tem motivação da sociedade, pressão exterior para que sejam cumpridas.

O fato social gera situações que fogem do controle, as leis e regras que existem não podem prever tudo o que acontece na sociedade.

PERSPECTIVA HISTÓRICA

O cientista pode descobrir o nexo entre várias etapas da ação social, gerando assim dois direitos: direito ativo e passivo.

Direito ativo: acontece quando se prevê o fato antes que ele aconteça, já impondo uma sanção caso acontecer (a lei muda o comportamento das pessoas).

Direito passivo: acontece quando há alguma movimentação na sociedade, tendo o direito que se adaptar a essa situação, a lei é mudada de acordo com a sociedade. Ex prostituição regulamentada.

Weber previa duas perspectivas:

– Historiográfica, que respeitava a particularidade de cada sociedade.

– Sociológica, que ressaltava os elementos gerais de cada fase do processo histórico.

Para Weber, o homem dá sentido a sua ação social, estabelece a conexão entre o motivo da ação e a ação propriamente dita. Para ele, as normas sociais só se tornam concretas quando se manifestam em cada indivíduo sob forma de motivação.

A TAREFA DO CIENTISTA

O cientista é guiado por suas preocupações com problemas sociais, sendo-lhes impossível desconectar-se de suas prenoções.

Tem a função de conectar a ação com o pensamento do indivíduo. Ação essa que é considerada um fenômeno, conseqüência de pensamentos individuais de cada um.

Compreender e buscar nexos causais que dão sentido a ação social, cada fenômeno é visto de forma diferente, por isso são tomadas diferentes decisões.

TIPO IDEAL

É o modo em que se olha a sociedade, padrão que deve ser analisada a sociedade.

Embora a sociedade tenha seu padrão ideal, tem alguma coisa que foge desse padrão. Ex tomar banho todo dia, tem gente que não toma.

MOMENTO EM QUE WEBER SE APROXIMA DE DURKHEIM

Eles não se aproximam, mas Weber concorda com Durkheim falando que as leis e regras são importantes, mas se afasta dele falando que nem tudo pode ser respeitado pela lei, alguma coisa foge do controle.

ÉTICA PROTESTANTE E ESPÍRITO DO CAPITALISMO

Os valores do protestantismo atuavam de maneira decisiva sobre os indivíduos, weber mostra uma nova formação de mentalidade, uma tendência ao capitalismo, oposição ao catolicismo. A importância desse trabalho está em mostrar as relações entre religião e sociedade e desvendar o capitalismo.

Aspectos de sua análise:

– Motivação do protestante é o trabalho enquanto vocação e dever e não ganho material;

– o motivo que mobiliza o indivíduo é consciente.

– ao cientista cabe estabelecer conexão entre a motivação e os efeitos de sua ação na sociedade.

– o capitalismo é uma organização econômica racional assentada no trabalho livre e orientada para um mercado real.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: